Sunday, September 10, 2006

1. Suástica


A suástica ou cruz gamada tornou-se famosa a partir da Alemanha nazista, porém ela foi criada muito tempo antes no tempo de Leopoldo 3 na Alemanha. (1095-1136) A cruz gamada é um símbolo místico encontrado em várias culturas antigas e usadas como símbolos religiosos. A suástica nazista usada por Adolf Hitler que defendia o anti-semitismo, o holocausto, o ódio pelos homossexuais, o desejo de eliminar os diferentes. As cores da bandeira nazista simboliza com o vermelho o significado de movimento, no branco o significado nacionalista e na suástica a missão de lutar pela vitória do homem ariano. Existem também outras cruzes gamada bem diversificadas. A suástica budista que representa sinais de paz, amor e prosperidade é muito parecida com a nazista, pois parecem imagens em espelho do símbolo. Atualmente a suástica nazista é proibida no mundo todo, para que não haja nenhuma forma de adoração do regime nazista. A Alemanha foi o primeiro país a proibir a utilização do símbolo em bandeiras, documentos e pinturas em 1957.

Suástica Nazista:

Suástica Budista:


Fontes de Busca:
Wikipédia- http://pt.wikipedia.org/wiki/Suastica
Dicionário do Cético- http://skepdic.com/brazil/suastica.html
História -Antigos- http://educaterra.terra.com.br/voltaire/artigos/haider2.htm
http://www.haisentito.it/articolo/nazismo-in-vendita-su-ebay/557/

2. Hitler e o Nazismo


Adolf Hitler nasceu em 20 de abril de 1889 em Linz,Áustria e Alemanha filho de um funcionário de alfândega e filho não legítimo. Sua mãe Klara Hitler era prima de segundo grau de seu pai. Hitler teve seis irmãos no total, porém apenas ele e mais uma sobreviveram. Hitler gostava mais de sua mãe do que seu pai, pois ele apreciava a disciplina e o educava severamente e não falava sobre as suas idéias políticas. Hitler também se interessava por pintura e arquitetura na qual seu pai não gostava. Hitler começou a ter influências anti-semitas quando entrou na escola secundária de Linz e teve contado com um professor que ele o admirava. Em 1903 seu pai morre e sua mãe em 1907. Após ter ido para Viena e não ter bons resultados para a academia de artes, resolveu a pintar paisagens de Viena. Nesse tempo começou a praticar o Anti-semitismo,pois em Viena havia muitos judeus ortodoxos no qual descobriu várias informações sobre esse povo. Com o tempo o anti-semitismo foi se desenvolvendo e Hitler adotou a crença de superioridade, a "raça ariana" tendo idéias como base para a política e a inimizade pelos judeus. Em 1913 mudou-se para Munique, por causa do interesse da arquitetura e do exército, porém foi dispensado por não ser capaz de realizar o serviço militar.Quando estoura a Primeira Guerra Mundial em 1914 Hitler se alista como mensageiro, porém nunca obteve uma colocação melhor, e ele considerava como uma humilhação para sua vida. Durante a guerra Hitler desenvolveu o patriotismo alemão, porém não era um cidadão alemão. Pouco tempo após, ele escreveu o seu primeiro texto anti-semita e em pouquíssimo tempo tornou-se líder do NSDAP (Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães). O partido adotou a Suástica como seu símbolo . Após o termino da Primeira Guerra a Alemanha não conseguiu recompor-se por causa das condições impostas pelo Tratado de Versalhes e ocorre vários de conflitos sociais o que faz surgir partidos como o Partido Comunista e o Partido Social Democrata que são contrários ao de Hitler. Assim, aos poucos foi ganhando o apoio do povo e tentou conquistar o poder através de um golpe no qual foi fracassado e Hitler foi preso. Na prisão obteve idéias contrarias ao Tratado de Versalhes, que os comunistas eram responsáveis pela crise alemã, que o povo judeu havia sido culpado pelo derrota da guerra e que eles deveriam ser mortos.Assim, que saiu da prisão Hitler começou a divulgar suas idéias. A Alemanha porém não se reerguia e com a crise de 29 o povo começou a ter esperanças em Hitler, forçando o atual presidente a passar o cargo a ele, o que ocorreu em 1934 após sua morte. Quando Hitler assumiu implantou o regime Nazista e suas idéias passaram por todo o povo. Assim durante todo seu mandato suas idéias foram executadas fazendo muitas mortes pelas experiências e exterminando com os diferentes como judeus, homossexuais,deficientes entre outros. Hitler sai do poder morto no final da Segunda Guerra em 30 de abril de 1945. Muitos dizem que Hitler se suicidou.


Durante o Nazismo áreas do mapa abaixo foram utilizada para o exterminio de pessoas



Fontes utilizadas:
Wikipédia- http://pt.wikipedia.org/wiki/Hitler
Apostila 2º bimestre do colégio Integral- História

3. Experiências nazistas

Pessoa sendo queimada na foto acima


Durante o período da Alemanha nazista os campos de extermínio existiam em grande número. Nesses campos, judeus e todos os povos considerados impuros eram cruelmente assassinados por soldados nazistas,e em muitos casos eram utilizados como cobaias para experiências científicas. Existem relatos de pessoas que ficaram mais de duas horas em tanques com água gelada para testar a resistência humana ao frio. Muitas mulheres grávidas também passaram por essas experiências, tiveram suas barrigas abertas para se saber o tamanho dos fetos durante a gravidez. As crianças também não escaparam das cruéis experiências nazistas, muitas tiveram o corpo queimado por ácidos para saber a reação humana a esses ácidos. Outra experiência feita nos campos de concentração que é bastante famosa, são as experiências com o gás chamado Zyklon B. Esse gás era liberado nas câmaras de gás onde os povos “impuros” ficavam até a morte. Essa experiência era feita para testar o tempo de resistência do corpo humano a esse gás. Além de fazer esse tipo experiências, existiam cientistas mais cruéis ainda, como é o caso do professor Julius Hallervorden, que arrancava o cérebro das “cobaias” para sua coleção. Outros como August Hirt não queria somente cérebros, mas sim cabeças inteiras. Um médico chamado Joseph Mengele (muito conhecido) também participou das experiências nazistas. Ele injetava tinta azul nos olhos das crianças, uniu veias de gêmeos, amputou membros de prisioneiros, dissecou anões vivos, jogou pessoas em caldeirões de água fervente e muitas outras coisas terríveis. Outros relatos existentes são sobre pessoas que foram obrigadas a tomar água salgada por mais de duas semanas e de pessoas que ficaram no vácuo até os pulmões rebentarem. Os cientistas também injetavam vírus e davam comida envenenada para os prisioneiros dos campos de concentração . Haviam casos como o acima que pessoas eram enforcadas, e corpos utilizados em experiências na foto abaixo.


Fontes:


Wikipédia- http://pt.wikipedia.org/wiki/Nazismo

Wikipédia- http://pt.wikipedia.org/wiki/Campo_de_concentração_de_Auschwitz
Revista Superinteressante abril de 2006

Fotos:

resistir.info/eua/raizes_nazismo_eua.html

www.dw-world.de/dw/article/0,2144,1677188,00.html

barcelona.indymedia.org/.../250001/index.

http://www.lacoctelera.com/myfiles/eminencia/nazismo[1].jpg

4.Opniões

Perante a segunda parte do trabalho saímos nas ruas para entrevistar os profissionais pedidos:


Durante a época do nazismo milhões de judeus foram brutalmente assassinados por soldados alemães. Além de assassinados muitos ainda foram usados como cobaias para experiências científicas. Existem relatos de pessoas que ficaram em tanques com água extremamente gelada por mais de duas horas para testar a resistência do corpo humano ao frio.
Os nazistas também jogavam vários tipos de ácido nos prisioneiros dos campos de concentração para descobrir qual a reação do corpo humano as substâncias. Os cientistas nazistas ultrapassavam todos os limites de crueldade, abriam a barriga de grávidas para verificar o tamanho dos fetos e, além disso, colocavam os judeus e todos os outros prisioneiros dos campos de concentração em câmaras de gás até a morte. Depois desses exemplos de crueldade nos campos de concentração você acha que os resultados das experiências médicas realizadas nos prisioneiros dos campos de concentração da Alemanha nazista devem ser utilizados pela ciência atual?


Assim, dentre os obtidos e selecionados pelo grupo temos:

Profissão:Dentista

Sexo: Masculino

Idade: 52 anos

Opinião: Tendo em vista os métodos que foram utilizados para se obter esses resultados científicos, sou completamente contra a forma que foi feita por causa de seres humanos terem sido usados como cobaias sem o seu consentimento. Bem, já sendo esse fato parte do passado temos que fazer uma análise muito fria e crítica perante os resultados. É claro que dentre todas as experiências muitas não tiveram comprovação científica em prol da humanidade, lógico que alguma tiveram êxito (não nos cabe afirmar ou negar, pois a maioria das pesquisas estão lacradas como espólio de guerra). Se por acaso, vamos imaginar que os médicos nazistas em uma dessas pesquisas tenham descoberto a cura para a gripe, varíola, malária, câncer ou qualquer forma de moléstia. Descobrindo novas inovações técnicas cirúrgicas para transplante de órgãos ou para qualquer tipo de cirurgia, por que não usar esses resultados benéficos para humanidade. Não que eu seja a favor de se repetir as experiências como foram feitas, mas sim, usar “os bons resultados” para o bem da humanidade. Por esse panorama eu acho que sim, os resultados bons devem ser utilizados.

Profissão: Dentista

Sexo: Masculino

Idade: 56 anos

Opinião: Sem dúvida nenhuma acho que estes resultados devem ser usados, principalmente pelo fato do sacrifício dessas pessoas não ter sido em vão!

Profissão: Deputado

Sexo: Masculino

Idade:44anos

Opinião:Sim, já que foram realizadas tantas experiências, acho que a morte de pessoas sem necessidade, apenas por preconceito e racismo, não devem ficar no esquecimento, ou contadas como mais uma historia de sofrimento e morte, mas sim de vida e de enriquecimento para a medicina.

Profissão: Advogado

Sexo: Masculino

Idade: 46 anos

Opinião:Acho que mesmo com todas as atrocidades, crueldade e maldades cometidas durante a segunda Guerra Mundial, o ser humano deve como sempre aproveitar tudo mesmo o que puder desse lamentável episódio para tentar restabelecer e, devolver a vida em função das vidas perdidas.

Profissão: Vereadora

Sexo: Feminino

Idade: 33 anos

Opinião: O que ocorreu no passado com os judeus não poderá ocorrer no presente, e nem no futuro, pois nós devemos tratar o ser humano com dignidade e respeito e, se o resultado das experiências feita pelos Alemães, pelo qual tirou a vida de muitos com muita crueldade, surtiu efeitos benéficos para nos, nos dias de hoje elas devendo ser aplicadas com muita cautela, de maneira que as mesma sirvam para salvar vidas e não para destruí-los, garantindo que as mesma esteja enquadrada no Conselho de ética científica preservando assim os Direitos Humanos.

Profissão: Integrante do PT

Sexo: Feminino

Idade: 47 anos

Opinião: As experiências desenvolvidas nos campos de concentração feriram os princípios básicos do respeito a vida e a pessoa humano. O nazismo não deve ser aceito por nenhuma raça ou continente. Por isto não devemos admitir que este tipo de experiência seja feito com nenhum povo ou nação.

Profissão: Pediatra

Sexo: Feminino

Idade: 36 anos

Opinião: Apesar destas pesquisas terem sido realizadas,acho que não devem ser usadas pela ciência atual, pois as pessoas usadas como cobaias estavam sob um stress enorme o que modifica todo e qualquer resultado de uma pesquisa por mais maluca que seja. É uma pena que estas pessoas sofreram e morreram devido a loucura de pessoas poderosas e na minha opinião, morreram por nada, pois os resultados não poderão ser confiáveis, nem usadas para auxilio da Humanidade.

Profissão: Psicóloga

Idade: 36 anos

Sexo: Feminino

Opinião: Não, por ter sido experiências sem contar com a questão ética e sem o conhecimento e aprovação da sociedade, do protocolo médico investigativo, e até mesmo sem autorização da pessoa que estava sendo pesquisada. Para se validar uma pesquisa é necessário replica-la neste caso é impossível, imoral e indigno faze-lo.

Profissão: Advogado

Idade: 43 anos

Sexo: Masculino

Opinião: Não.Porque nenhuma das experiências feitas na Alemanha nazista contribuiu para a evolução cientifica.Era apenas uma desculpa para torturar prisioneiros.

Profissão: Médico

Idade: 60 anos

Sexo: Feminino

Opinião: Não. Porque além delas não servirem para nada e de não trazer nenhum beneficio para a "nova medicina", hoje em dia se contestam até as experiências feitas em animais (ratos, macacos, etc).

Profissão: Advogado

Idade: 45 anos

Sexo: Masculino

Opnião: Não, pois as experiências nazistas infrigiram a ética da humanidade e é uma crueldade o que ocorreu nos campos de concentração.